Finanças, como falar desse tema com seu parceiro(a)
Relacionamento

Finanças, como falar desse tema com seu parceiro(a)

Finanças é um dos tópicos mais importantes para conversar com seu parceiro(a), não importa o nível de seu relacionamento. Desde um namoro casual até um relacionamento como um casal de fato, se você não estiver na mesma página em relação às finanças, é provável que cause estresse e/ou leve ao divórcio. 

De acordo com uma pesquisa conduzida por Jeffrey Dew, Ph.D., professor assistente de Família, Consumidor e Desenvolvimento Humano na Universidade Estadual de Utah. Casais que discutem sobre finanças pelo menos uma vez por semana têm 30% mais probabilidade de se divorciar do que casais que discutem sobre dinheiro com menos frequência .

Neste artigo, vamos explorar algumas maneiras de conversar com sua cara-metade sobre finanças e como definir metas financeiras como casal, não importa que tipo de casal você seja.

Pesquisa RealMoneyTalk da Turbo

Em fevereiro de 2019, a Turbo encomendou uma pesquisa que foi conduzida online pelo The Harris Poll para entender melhor os comportamentos e atitudes em relação a conversar sobre tópicos relacionados a dinheiro com outras pessoas.

Uma das descobertas dessa pesquisa foi que 90% das pessoas em um relacionamento disseram que são abertas e honestas com seu parceiro sobre suas finanças e 85% acreditam que seu parceiro é aberto e honesto com eles sobre suas finanças. 

É possível, no entanto, que isso seja uma percepção equivocada, já que 23% também admitem que às vezes escondem compras de seus parceiros. 17% admitem que têm contas/dívidas que seus parceiros não precisam saber e 14% daqueles que têm dívidas individuais em seus relacionamento admitem que estão escondendo dívidas de seu parceiro(a).

Como falar com seu parceiro sobre finanças durante um namoro casual

Quando você está namorando alguém apenas casualmente, não há tanta necessidade de discutir finanças. Nesse ponto, é provável que suas finanças estejam completamente separadas. Com cada parceiro(a) ainda vivendo por conta própria e contribuindo para suas próprias despesas. As únicas discussões que você provavelmente terá envolvem despesas com atividades compartilhadas. 

Se você e seu parceiro(a) estão em uma situação financeira semelhante, com empregos e despesas que pagam de forma semelhante, as despesas dessas atividades conjuntas são um cálculo mais fácil. Cada parceiro pode planejar pagar igualmente por quaisquer atividades que venham a fazer juntos. 

As coisas ficam mais complicadas quando você e seu parceiro(a) não estão em condições financeiras equilibradas. Se você tem um emprego de baixa remuneração e/ou mais dívidas, enquanto seu parceiro(a) tem um trabalho de alta remuneração e nenhuma dívida, isso pode causar atrito. 

Seu parceiro(a) pode muitas vezes sugerir atividades mais caras do que você se sente confortável. A chave aqui é a comunicação aberta sobre seus sentimentos para descobrir qual é o caminho certo para você e seu parceiro.

Conversar com sua cara-metade sobre finanças em um relacionamento sério

À medida que seu relacionamento progride, você vai querer ter conversas mais profundas com sua cara-metade sobre finanças. Comece a falar sobre seus próprios hábitos e objetivos financeiros e observe os hábitos e objetivos de seu parceiro. 

Você não deve necessariamente tentar mudar seu parceiro, mas pode ser valioso falar sobre seus próprios sentimentos e experiências. O quão confortável você se sente ao falar com seu parceiro(a) sobre dinheiro é provavelmente semelhante ao quão longe seu relacionamento está progredindo como um todo.

Se vocês começarem a pensar em morar juntos ou se casar, é importante se abrir mais sobre sua situação financeira. Esta pode ser uma situação um pouco complicada, especialmente se você e seu parceiro estiverem em situações financeiras extremamente diferentes. 

Pode ser tentador tentar ocultar ou minimizar informações financeiras negativas sobre você (renda mais baixa, montante da dívida). Mas esconder esse tipo de informação pode começar o relacionamento com o pé errado. Uma ótima ideia é sempre jogar aberto sobre esse tópico e apresentar um plano em que vocês dois concordem.

Como os casais podem conversar sobre finanças um com o outro

Existem várias maneiras de os casais organizarem suas finanças. Alguns casais mantêm todas as suas finanças completamente juntas, talvez com uma pequena quantia para cada casal usar como “mesada”. 

Outros casais têm uma conta combinada para despesas compartilhadas e depois mantêm contas separadas para despesas pessoais. Em ambos os casos, uma boa comunicação é o fator mais importante. 

De acordo com a pesquisa #RealMoneyTalk, aqueles que estão em um relacionamento consideram seus parceiros financeiramente benéficos. 86% dos entrevistados disseram que confiam em seu parceiro para contribuir tanto quanto possível para seu bem-estar financeiro combinado.

Como definir metas financeiras como casal

Como já dissemos várias vezes neste artigo, a comunicação honesta e aberta é a chave para conversar com seu parceiro(a). Uma boa maneira de ter certeza de que ambos estão na mesma página é definir metas financeiras como casal. 

Lembre-se de que não se trata apenas de gastar. Você pode ser um poupador enquanto seu parceiro é um gastador. 

Isso não é necessariamente uma bandeira vermelha que deve mantê-lo afastado em vez disso, considere uma forma de se comprometer. 

Seja aberto e honesto sobre suas finanças e o que é importante para você.

Contudo, começar a conversa falando sobre metas financeiras pode ser a melhor maneira de manter a conversa produtiva. Portanto, em vez de reclamar de seus hábitos de consumo, fale sobre onde você se vê em 6 meses, um ano ou mais. Isso pode ajudar a abrir a discussão para começar a discutir mais tópicos do dia a dia, como orçamento e gastos.

Mostre seu Sentimento
+1
123
+1
42
+1
60
+1
94
+1
95
+1
0
+1
0

Você também pode gostar...

2 comentários

  1. Grécia Ramos says:

    Muito interessante esse artigo, pois muitas vezes falar sobre finanças causa um pouco de mal estar para alguns casais. Mas como foi dito acima nada melhor do que ser sincero em todos os sentidos, estar aberto para falar com seu parceiro(a) sobre todos os assuntos inclusive sobre finanças, atitudes assim fortalecem o relacionamento.
    Parabém ao autor!!!

    1. Verdade, é sempre um tema muito polêmico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *