Mudanças nas relações humanas
Sessão do Leitor

Mudanças nas relações humanas

Relações humanas, por que hoje tá tão difícil encontrar alguém para amar? Por que as pessoas estão sempre a procura de algo casual e sem compromisso? Por que todos tem tanto medo de abrir o coração para compartilhar sentimentos verdadeiros?  Gostaria muito de conseguir responder essas questões, infelizmente não tenho tais respostas, mas vou colocar aqui minha opinião.

Tecnologia

A medida que o tempo foi passando e a tecnologia, por exemplo evoluindo, nesses últimos anos a forma de comunicação foi se modificando, a insegurança nas cidades aumentou, a ideologia de gênero e o empoderamento feminino foram tomando espaço dentro da nossa sociedade e todos essas mudanças transformaram nossa forma de olhar o outro.

Comunicação

As pessoas passaram a se isolar, se proteger e se comunicar a distância através do telefone celular e da internet, aumentando assim essa nova maneira de “conhecer” pessoas. Por mais que isso seja prático e de certa forma confortável, não substitui o contato que nós seres humanos precisamos.

Acredito que foi se desenvolvendo no inconsciente coletivo a ideia de que ser livre é igual a ser só, ou seja, as pessoas acreditam que a felicidade esta diretamente ligada a quantidade de relacionamentos, superficiais e rápidos e não a qualidade de um só relacionamento.

Empoderamento Feminino

Um outro comportamento que tenho notado tem relação com o empoderamento feminino,  algumas mulheres estão confundindo esse empoderamento com ser igual aos homens, como seres humanos e cidadãos somos sim iguais, deveríamos ter os mesmos direitos e deveres, independente de gênero, cor, religião ou outra característica qualquer, porém na essência somos diferentes homens e mulheres pensam e sentem de maneira diferente, para conquistar seu espaço no mundo mulheres e homens não precisam mudar sua essência,  contudo como falei anteriormente algumas mulheres estão copiando alguns comportamentos masculino para serem aceitas profissionalmente ou socialmente, e muitas vezes dando de cara com frustrações inerentes a essas atitudes.

Minha Visão

Ao meu ver todos esses comportamentos que nós homens e mulheres adquirimos ao longo desses últimos anos estão embotando nossos sentimentos e nos fazendo sentir uma falsa satisfação nas relações virtuais, não que tais relações sejam de todo mal, não é isso, porém não podemos colocar o virtual acima do real; namoro virtual, relação virtual  fazendo-nos esquecer como é bom o toque, o cheiro, o gosto, o calor de outro corpo. Talvez esse momento de pandemia nos traga  o desejo de ter de volta o contato, pois fomos forçados ao isolamento e percebemos que precisamos do outro, precisamos de amor, de carinho, afeto e quem sabe possamos voltar ao mundo real onde poderemos viver relações reais com tudo que tais relações trazem como bagagem, sentimentos e conflitos, o ser humano é assim simples e ao mesmo tempo  complexo.

Precisamos encontrar nosso ponto de equilíbrio como pessoas que somos e aí então reaprendermos que somo seres sociais e que precisamos uns dos outros.

Portanto, como previ inicialmente não consegui responder meus questionamentos inicias, mas consegui sim concluir que sou uma pessoa que deseja viver e se comprometer com as outras pessoas e comigo mesma, sentir, amar em fim ser uma pessoa de real.

Postagem criada por nossa leitura Grécia Ramos.

Mostre seu Sentimento
+1
11.3k
+1
8.3k
+1
7.7k
+1
461
+1
5k
+1
0
+1
0

Você também pode gostar...

7 comentários

  1. Belo texto rico em verdade

  2. Raquel says:

    Quando se tem alguém ao lado e se sente só, aí vem a tentação do sem compromisso e vc acaba de deliciando e quando vai ver já está entregue.

  3. Emília de Lucena Oliveira says:

    Concordo em partes, ao meu ver a nossa sociedade virou consumista a tal ponto que “tudo virou descartável e substituivel” de tal forma que não há valorização do ser e sim do ter, do possuir cada vez mais, tornando assim as relações descartáveis.

    1. Olá Emília, Agradecemos os seu comentário e seja sempre bem vinda ao nosso blog.

  4. Fabiana Ferraz says:

    Talvez nós mulheres , vivemos em uma sociedade machista e talvez por isso, escolhemos nossa liberdade, nossa independência e somos obrigadas a ter de querer viver sem companhia, a tecnologia também prejudica de certa forma o afeto, o companheirismo e a convivencia, pois nos tornamos dependentes dela.O isolamento sim nos faz refletir melhor no quesito valorizar o outro. Mas nem por isso algumas pessoas mudam de opiniao, a maioria delas prefere viver assim

    1. Olá Fabiana, Somos gratos por você fazer parte do nosso blog.

      1. Rodrigo says:

        Texto muito interessante e atual. Relata uma realidade vivida por muitos, pois é percebido o afeto se distanciando devido ao frequente uso do campo virtual. As pessoas estão desaprendendo às práticas de seus afetos por não se permitirem, na maior parte do seu tempo, ao envolvimento real. Naturalmente já existem dificuldades no convívio e com a ausência de práticas reais elas se intensificam, desenvolvendo várias outras dificuldades. O importante é buscarmos nos desafiar na vida real e diminuirmos, para este fim, o virtual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *