3 sinais de que Deus aprova seu relacionamento
Relacionamento

Deus aprova seu relacionamento, veja alguns sinais

Deus aprova seu relacionamento? Aqui estão três sinais de que Deus aprova o seu relacionamento.

Se o relacionamento está aumentando sua motivação para o ministério, este é um sinal que Deus aprova seu relacionamento

Se você quer saber o que Deus quer para você individualmente, primeiro precisa saber o que Deus quer para todo o seu povo. Embora Deus se importe com os desejos pessoais que você tem por um relacionamento, Deus se preocupa mais com sua vontade de servi-lo em sua vida. João 13: 12-14 declara:

Quando Jesus lavou os pés, vestiu as roupas exteriores e retomou o seu lugar, ele lhes disse: “Você entende o que eu fiz para você? Você me chama de Mestre e Senhor e tem razão, pois eu também. Se eu, senhor e professor, lavei seus pés, você também deve lavar os pés uns dos outros. ”

Um sinal de que Deus aprova seu relacionamento é se essa parceria está aumentando sua motivação para o ministério, em vez de diminuí-la. Se vocês dois estão incentivando um ao outro a servir a Deus e capacitando um ao outro a usar seus dons para o Senhor, este é um bom sinal.

Se o relacionamento está cumprindo o objetivo do namoro cristão sábio, este é um sinal que Deus aprova o seu relacionamento

Acredite ou não, não é pecado namorar alguém que não será sua esposa um dia. Deus não fica desapontado com você se você namora alguém e depois se separa. Isso não significa que Deus não o(a) levou a namorar essa pessoa só porque vocês dois não se casaram. Isso não significa que você perdeu a vontade de Deus e se sentiu levado a seguir em frente com alguém, mas depois se sentiu levado a interromper o relacionamento.

Deus fala através do processo de namoro. Certamente ele pode falar de outras maneiras. Mas, muitas vezes, Deus responde às suas perguntas sobre uma determinada pessoa, colocando vocês dois por um breve período de namoro.

Portanto, acredito que Deus aprova relacionamentos que estão em uma estação saudável de aferir o futuro juntos. É disso que se trata o namoro cristão sábio. O objetivo do namoro não deve ser o casamento. Em vez disso, o objetivo do namoro deve ser avaliar se Deus quer ou não que vocês dois se casem.

Se você sabe que Deus não quer que você se case com essa pessoa, você deve terminar. Ou seja, se você sabe que Deus está levando você a se casar, você deve buscar o casamento. Se você não tiver certeza do que Deus está dizendo, continue namorando para descobrir. Acredito que os únicos relacionamentos que Deus não aprova são aqueles que ele deixou claro para você que ele não quer que você entre.

Se o relacionamento não é bíblico, está causando pecado em sua vida, ou você simplesmente sabe que Deus o está afastando dessa pessoa, mas você continua ignorando a liderança de Deus, então Deus não aprova esses relacionamentos. Mas se você está simplesmente passando pelas fases normais do namoro cristão para avaliar o que Deus quer, acredito que Deus aprova esses relacionamentos, mesmo que essa pessoa não acabe sendo sua futura esposa.

Enquanto nenhum pecado estiver ocorrendo e enquanto você avança no casamento ou se separa em um tempo razoável depois de saber o que Deus quer, o namoro cristão é útil.

Se o relacionamento é bíblico e o relacionamento é algo que vocês dois querem, Deus aprova esse relacionamento

Os dois principais requisitos para um casamento cristão são obediência à palavra de Deus e desejo pessoal por essa união. Se o relacionamento não é bíblico, não é o que Deus quer. Não peça a Deus que abençoe o que não é bíblico. Se você quer Deus no relacionamento, o relacionamento precisa ser santo e obedecer aos mandamentos de Deus.

No entanto, casamento e romance não são requisitos bíblicos. São, no entanto, opções bíblicas para quem quer essas coisas. Portanto, se você realmente não quer se casar com alguém, mas sabe que essa pessoa é um(a) crente maduro(a) e seria uma boa esposa ou um bom marido, não é isso que Deus quer. Ele não aprovaria um relacionamento indesejado na vida de seus filhos.

Se, no entanto, dois cristãos maduros estão obedecendo à palavra de Deus e realmente desejam estar juntos em um relacionamento, Deus aprova esse relacionamento. Como se diz em 1 Coríntios 7:36: “Se alguém pensa que não está se comportando adequadamente com seus parceiros, se suas paixões são fortes, e tem que ser, faça o que quiser: deixe que se casem – não é pecado.”

Compartilhe nosso post.

Mostre seu Sentimento
+1
0
+1
0
+1
1
+1
1
+1
0
+1
0
+1
0

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. Emília de Lucena Oliveira says:

    Concordo, Deus aprova tudo que é de puro coração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *