Por que as pessoas não querem mais amar?
Sessão do Leitor

Por que as pessoas não querem mais amar?

Um dia desses escrevi um texto sobre as mudanças nas relações humanas e abordei mais o lado das influencias tecnológicas de como a internet influencia as relações.

Por outro lado, eu tenho percebido que estamos nos blindando e criando uma carapaça grossa para nos proteger de tudo que acontece no mundo, principalmente amar. Queremos nos proteger porque a violência está crescendo cada dia mais são assaltos, estupros, assassinatos não sabemos em quem confiar e temos medo, esse medo nos protege de alguma forma.

Fortalecimento

Uma outra coisa que fortalece nossa casca são os ambientes corporativos, não todos é claro não podemos generalizar, mas infelizmente em algumas empresas as pessoas para crescer profissionalmente pisam em seus colegas sem dó e piedade, precisamos ser fortes e muitas vezes só contamos com nós mesmos.

E à medida que o tempo vai passando essa casca que criamos ao nosso redor vai ficando cada vez mais grossa e nem percebemos. A rotina vai nos absorvendo e quase fazemos tudo em modo automático: trabalhar, ganhar dinheiro, lutar para cuidar da família e dos filhos, quando os temos conosco, pagar as nossas contas enfim seguir a vida.

Assim seguimos dias, semanas, meses e anos lutando muitas vezes sozinhos; como as mães e os pais solteiros por exemplo.

O questionamento

O meu questionamento inicial dizia: Por que as pessoas não querem mais amar? Na verdade, eu acho que as pessoas querem amar, mas elas têm medo de sofrer, mesmo que esse medo seja um sentimento inconsciente ele está presente em nossas vidas.

O que exatamente eu estou falando? Quero falar de relacionamentos por exemplo: duas pessoas se conhecem, gostam do que encontram uma na outra, a princípio desejam aquela companhia, sentem aquela sensação gostosa de novidade. Aí de repente… Tan Nam Nam!!! Vocês lembram nos desenhos animados que tem um anjinho e um diabinho? É assim mesmo!!! O anjinho diz: “tá tudo bem vale a pena continuar conhecendo essa pessoa aproveite as coisas boas da vida…” Mas o diabinho nos diz que: “ você deve ser esperto e não se envolver, tomar cuidado, não deixar que essa pessoa se aproxime muito de você. Não permita que entre em sua vida e te conquiste”.

A Pesquisa

Fiz uma espécie de pesquisa esses dias, pequena claro, mas pude perceber que as pessoas estão seguindo um tipo de comportamento específico. Eu por exemplo estranho muito ainda, as pessoas estão privilegiando o físico e deixando o emocional em segundo plano. Vou dar um exemplo pra vocês e aí então acredito que tudo que falei acima vai ficar mais fácil de visualizar. Lembra que falei das pessoas que se conhecem? Alguém que respondeu minha pequena pesquisa me contou.

Exemplo: Uma pessoa A me falou que conheceu a pessoa B muito interessante e que a atrai muito, A gosta de conversar com B sobre tudo, pois B é uma pessoa inteligente, A gosta da companhia de B que por sinal é muito agradável.

A me falou que aos poucos está se sentindo cada vez mais atraída por B e que gostaria muito de conhecer B melhor e se fazer conhecer também e quem sabe viver com B um relacionamento.

No entanto no começo B também demonstrava para A que sentia o mesmo. Só que vocês lembram do diabinho que falei? Ele deu pra B aquele conselho: “não seja bobo, não deixe A se aproximar tanto, você deve só curtir e não se envolver” infelizmente B escutou tais conselhos sem pestanejar.

Os personagens

E acontece o que venho me questionando desde o início, a casca que criamos nos impede de seguir e quem sabe de amar. Então mais uma vez o que poderia ser um belo encontro de almas acaba antes mesmo de começar.

Que pena não é mesmo? A e B poderiam ser muito felizes juntos, quem sabe? Nunca saberemos, porém se eles tivessem se permitido saberiam e se “não der certo” tudo bem a vida é assim mesmo, e no final uma bela amizade poderia restar de tudo isso.

Estou chegando a conclusão que esse medo tem nos afastados cada vez mais uns dos outros e tem nos limitado. Não pensem que acho que todos nós devemos nos abrir para todas as pessoas do mundo, não é isso, mas acho que estamos nos fechando demais, tenho visto pessoas se protegendo de ter amigos, já pensaram nisso? A amizade é um sentimento tão bonito que nos acrescenta, algumas pessoas tem amigos mais próximos que muitos parentes de sangue.

Opinião

Eu na minha humilde opinião acredito que nós seres humanos só somos felizes quando amamos. Quando amamos a Deus, quando amamos nossa família, quando amamos nossos amigos, quando amamos nosso trabalho, quando amamos nosso companheiro(a), o amor não pode, de forma alguma, ficar de fora da nossa vida, só nos sentimos vivos quando amamos. Por isso nunca escuto os conselhos do diabinho ele sempre deseja o nosso mal, isso tá na cara, não é? Vou fazer de conta que sou uma anjinha e vou dar um conselho tá certo?

Sejam felizes, abram seus corações para o amor, vivam cada dia com alegria, e permitam conhecer alguém e ser feliz com esse alguém, quando estamos bem isso transpassar para os outros ao nosso redor. Alegria contagia, não tenham medo do amor, ele é um presente divino.

Texto Escrito por nossa leitura Grécia Ramos.

Mostre seu Sentimento
+1
725
+1
890
+1
922
+1
426
+1
264
+1
0
+1
0

Você também pode gostar...

9 comentários

  1. Wellington Hypólito says:

    Parabéns querida, pela linda menssagens!
    Beijos!

  2. Wellington Hypólito says:

    Me corrigindo a palavra é (mensagens e não messagens)
    Parabéns querida, pela linda mensagens!
    Beijos!

    Deixe uma resposta

    1. Grécia Ramos says:

      Muito obrigada!

      1. Luciano Pontual says:

        Excelente postagem!

  3. Denise Santana says:

    Lindo texto, de fato só somo felizes quando amamos, o amor nos completa.

    Sucesso!!

  4. Carla Franco says:

    Texto muito bom, parabéns!!

  5. Adriana Vasconcelos says:

    Excelente texto, parabéns Grécia.

  6. André says:

    Texto excelente! Uma síntese do que são os relacionamentos vazios dos tempos de hoje..

  7. Micheli Holanda says:

    Texto inteligente e envolvente . Adorei Grécia, muito bom mesmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *